Seguidores

.

"O Blog POESIAS COM AMOR. foi feito com carinho, para os poetas que encantam os corações com suas lindas poesias...
Obrigada poetas e poetisas por deixarem mais doce o nosso viver."

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009


Amo em silêncio
e nem as rosas sabem
que teu perfume seria meu destino.
Amo em silêncio
e nem as estrelas pálidas sabem
de mais uma noite calada.
Amo em silêncio
e nem a lua transparente sabe
do meu amanhecer prata, solitário.
Amo em silêncio
e nem o vento sabe
que corta as dores
que ninguém sabe
que existem.
- Amo em silêncio
e só o silêncio sabe.



Cesar Rabelo



Entreaberta

Entra em meus olhos
Leia-me, absorva-me!
Mora em minha vida.

Que não haja emboras
Embora eu deixe-o partir.

Entra em meu coração
Sinta-o, é seu.

Entenda, tu estas gravado
Nas minhas digitais
Tenha-me.

Nenhum outro, cabe em mim.
Entra, a porta ficou entreaberta.

Meus incansáveis olhos buscam-te
Neste cárcere, masmorra, tortura.

Amor à procura, escondida
Escolhi a mim
Único lugar onde te encontro...


Cássia Da Rovare


COMUNICADO

Só por hoje
vou rasgar os códigos.
Desacato as regras,
os preços módicos.
Só por hoje
desacredito das retas,
descarrilho do trilho,
desvio das setas.
Preciso de tempo pra sonhar,
respirar fundo e carregar na mão
o sal da vida e o mel do mundo.
Se o compromisso tocar a campanhia,
peço que aguarde na casa vizinha,
mansamente, sem fazer alarde.
Mas comunico a todos pela imprensa
que sumiu a lucidez.
Pediu licença.
É só por hoje,
mas agora é minha vez.

(Flora Figueiredo)
PRESSÁGIOS

Sentado no mormaço dos seus sonhos, os contempla
preocupado, atormentado procurando a maneira
de trocar o carro velho descuidado por um novo
imagina o deslumbre que isso daria a outros olhos

move-se no desejo de conquista... o jornal o espera
trás da porta do sonho, não ouve os ventos íntimos
seu canto sinalizando rumos perfeitos de outra vida divina
nem peracebe os bons presságios da brisa que açoita os campos.

Edgar Alejandro


AMOR DE PELE
.
Eu gosto quando beijas
minhas mãos, minhas costas
Eu gosto quando fazes
amor com minha pele
Quando amas
cada pedaço meu com tua boca
Antes de devorar-me inteira
.
Cáh Morandi



Nunca soube o que fazer
com os espaços que ficam
depois que alguém vai embora
uma dúvida insiste
e de tanto, o meu tentar desiste
de trocar a ausência
por qualquer coisa que fira menos:
nada para repor
nada para suprir
nada que realmente comportasse
o encanto de algo que ficou
para trás.
.
Cáh Morandi


ESPERAR-TE
.
Ah, ficar a te esperar
é, a um só tempo, viver
a angústia de te perder
e a alegria de te encontrar...
.
J.G. de Araujo Jorge


Sou de fases ,
sei ouvir ,
procuro entender...
as vezes me sinto amada ,
as vezes desajeitada,
rejeitada,
linda...
muitas vezes me sinto um nada!

Sou de fases ,
sou assim de lua,
mas gosto de mim.

((Valquíria Cordeiro))
NEM SEMPRE SOU IGUAL

Nem sempre sou igual no que digo e escrevo.
Mudo, mas não mudo muito.
A cor das flores não é a mesma ao sol
De que quando uma nuvem passa
Ou quando entra a noite
E as flores são cor da sombra.
Mas quem olha bem vê que são as mesmas flores.
Por isso quando pareço não concordar comigo,

Reparem bem para mim:
Se estava virado para a direita,
Voltei-me agora para a esquerda,
Mas sou sempre eu, assente sobre os mesmos pés -
O mesmo sempre, graças ao céu e à terra -
E aos meus olhos e ouvidos atentos
E à minha clara simplicidade de alma ...

(Alberto Caeiro)


DESESPAÇO...

TUA
FALTA
É,
A
TODO
INSTANTE,
TUA
FALTA...


NÃO
CONSIGO
ENTENDER
ESSE
VAZIO
EQUIVOCADO,
QUE
FICA
REPLETO
DE
TI...


Helena C. de Araujo
DIAS IDOS

Hoje vou me transportar
E viajar serena nas asas da
Imaginação
Procurar nas ruínas da minha
Inocência
Os meus tempos de criança
Não quero cobranças!
Vou apenas imaginar
Que o tempo não passou
Que os dias da minha meninice
Estão guardados numa linda
Caixinha
Que ainda pulo amarelinha
E brinco de cai não cai
Que os meus cabelos negros
Ainda escondem os afagos do
Meu pai
E os braços da minha mãe
Me livram de todos os medos
Sou criança sem segredos!
Só assim levarei a vida
Não como um fardo pesado
Mas como o mais lindo e puro
Cristal lapidado!

Simplesmente Teresa
POEMA DE NATAL

Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos –
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.

Assim será a nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos –
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.

Não há muito que dizer:
Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez, de amor
Uma prece por quem se vai –
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.

Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte –
De repente nunca mais esperaremos...
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos, imensamente.

(Vinícius de Moraes)


AO VENTO!

ENTREGO AO VENTO,
A CAPACIDADE QUE NÃO TIVE,
DE ROMPER COM MEU SILENCIO,
E EM TEUS OUVIDOS,
EM VOZ SOPRADA,
PLANTAREI SUAVEMENTE,
AQUILO QUE MEU CORAÇÃO
INSISTE EM GRITAR!
AMOR...


Santaroza



Diluida a saudade e a espera
Ilusoes cruzem então o teu intimo
Lento raio de luz cumpra-se o destino
Em um ângulo de amor d’outras esferas
Na maciez da hora tão sonhada
Em asas esparsas rumo ao infinito

Repousem sol e lua na última cruzada
Em convergência do tudo ao nada
Sempre rumo àquela enseada,
E a eternidade em movimento
Num vestido de seda em real tributo
Definirá o amor em infindo tempo.
Em lagrimas de pranto por nada ou tudo



Feliz Natal

Cesar Rabelo

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009



SUBLIME LUZ
.
Amante, doce amante dos destinos
Vigorosos, vadios e inconstantes.
Propícia às seduções dos peregrinos
E aos caprichos de amores delirantes...
.
Amiga, sempre amiga dos meninos
Arredios, alegres e hesitantes.
Sorri-lhes como se os anjos divinos
Iluminassem seus puros semblantes...
.
Esposa, mãe, avó, tia e irmã.
Ah flor desabrochando na manhã,
Que adorna a vida onde a vida estiver...
.
Senhora, cortesã, guria e donzela:
Deus criou-te da mais fulgente estrela,
Da mais sublime luz – fez-te mulher!...
.
Gigio Jr (Canções-2009)
DOCES


Quem foi que trouxe,
todos esses
doces pra mim?
Gostaria tanto que fosse você!
Porque, eu só consigo ver
o teu rosto
nos meus pensamentos . . .


Homenino Poeta


SOPRO DE DEUS


Aprendi a namorar a vida,
a valorizar os sentimentos
e a gostar mais de mim.
Descobri que viver é um dom,
que a experiência vem com o tempo
e que devemos escutar
a voz do nosso coração.
Por isso,
sou apaixonado pela natureza,
pelo progresso,
pelo respeito e pelo amor.
Pois, todos nós fomos feitos
da mesma matéria
e do mesmo sopro de Deus.
Não existe um adeus definitivo,
somos todos irmãos
e podemos ser também amigos
uns dos outros.
Pois, somos tão frágeis sozinhos
e tão fortes nessa união . . .


Homenino Poeta


.

NOSSO ENCONTRO

" Pareciam lentos ...
Os ponteiros tardavam em caminhar.
Eles, menos apressados.
Eu, mais ansioso.
E no dobrar da esquina, ela.
Linda, sensual e formal
Inesquecível ...
A calçada feliz, sorriu-me. Eu, também.
E na troca do olhar
E num terno abraço,
Rendi-me.
Rendi-me ao doce perfume.
Ao sabor dos teus lábios.
Ao infinito sorriso.
E assim fomos caminhando pela calçada.
Inesquecível ... "
=- Bruno de Paula -=


O TEMPO

O tempo é o nosso aliado.
Nós não o entendemos.
Mas, ele é o nosso veículo,
Por todo o sempre que vivemos!

Se o tempo não existisse
Graça, essa vida não teria.
Como sentir prazer
Se nada fosse acontecer!

Só através do tempo
Tudo se movimenta e modifica
Sem o tempo, tudo fica estático,
De novo nada se realiza!

Do passado à lembrança
O presente nós vivemos
O futuro, não conhecemos!
Mas, com certeza, com o tempo realizaremos!

Autor – GUERREIRO DA LUZ –Edu Sol
Eduardo A. Soares


"Nossas atitudes escrevem nosso destino.
Nós somos responsáveis pela vida que temos.
Culpar os outros pelo que nos acontece
é cultivar a ilusão.
A aprendizagem é nossa
e ninguém poderá fazê-la por nós,
assim como nós
não poderemos fazer pelos outros.
Quanto mais depressa aprendermos isso,
menos sofreremos."
-Zíbia Gasparetto-

RUA
.
A rua mastiga
os homens:
mandíbulas
de asfalto,
argamassa,
cimento,
pedra e aço.
.
A rua deglute
os homens:
e nutre
com eles seu sôfrego
onívoro esôfago.
.
A rua dejeta
os homens:
o poeta,
o agiota,
o larápio,
o bêbado
e o sábio.
.
Guilherme de Almeida
O tempo não desfaz

Ainda posso te ver junto a mim
Ainda posso sentir este sonho que vivi
Ainda te vejo linda em meu jardim
Em tudo meus olhos buscam a ti

Não foi chuva de verão
Nem apenas uma estação
De minha parte o que vivi foi real
Não um momento de carnaval.

Nem consigo sentir saudades
Porque vivo tudo constantemente
Você é minha maior realidade
Faz-me feliz mesmo sem estar presente.

Os ventos podem mudar de direção
O amanhecer um novo dia traz
Mas este amor se instalou no coração
Por mais que passe o tempo não se desfaz.

Ataíde Lemos

Há mil rostos na terra

Há mil rostos na terra: e agora não consigo
recordar um sequer. Onde estás? inventei-te?
Só vejo o que não vejo e que não sei se existe.

Esperamos assim.Por esperança, a espera
vai-se tornando sonho afável; mas descubro
no olhar que te procura uma névoa de orvalho.

Qualquer palavra que te diga é sem sentido.
Eu estou sonhando, eu nada escuto, eu nada alcanço.
Quem me vê não me vê, que estou fora do mundo.

Lá, constante presença em memória guardada
percebo a tua essência - e não sei nem teu nome.
E à tentação de tantas máscaras felizes

se opõe meu leal, nítido sangue.

(Cecilia Meireles)


Amar... Amar e amar!

Jeito lindo de a vida viver
Amar quando o sol nascer
Amar quando a chuva cair
Amar quando a lua sair

Amar... Amar e amar!
Amar com suavidade
Amar de verdade
Amar com intensidade
Amar com louca vontade!

Deixar o mundo lá fora e amar sempre... Amar agora!
(André A-A)

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009



Caminhos do coração....
.
'E é tão bonito quando a gente entende
Que a gente é tanta gente onde quer que a gente vá
E é tão bonito quando a gente sente
Que nunca está sozinho por mais que pense estar.

Uma vontade de voar,
parece que bastaria
abrir os braços para fundir-me
com o céu. Ao mesmo tempo, dá
vontade também de ficar na terra,
e viver, viver muito, com todas
as miudezas do cotidiano.

¬Caio Fernando Abreu¬

SONETO DO AMOR DEMAIS
Não, já não amo mais os passarinhos
A quem, triste, contei tanto segredo
Nem amo as flores despertadas cedo
Pelo vento orvalhado dos caminhos.

Não amo mais as sombras do arvoredo
Em seu suave entardecer de ninhos
Nem amo receber outros carinhos
E até de amar a vida tenho medo.

Tenho medo de amar o que de cada
Coisa que der resulte empobrecida
A paixão do que se der à coisa amada

E que não sofra por desmerecida
Aquela que me deu tudo na vida
E que de mim só quer amor - mais nada.

(Vinícius de Moraes)
ESPERANDO O PRESENTE

no meio à precisão das esferas pulsantes estamos
sonhamos ser alguém maior na imensidão vazia
autênticos poderosos alquimistas da matéria...
afim de fazer um mundo nosso... convenhamos!

no vão da escuridão contínua estáticos pensantes
olhos fixos tratando de decifrar as sinas e sinais
querendo entender o idioma das auroras boreais
na marola cósmica que aleatória fala, ignorantes...

do credo social um agrado do Noel que nos alegre
adicional que nunca chega por completo e sempre
ansiosos que chegue no décimo-segundo conveniente

quiçá esperemos a existência toda pelo legado
fechado tesouro dito na outra ponta do arco-íris
pois se nega o que já foi e é dado... este presente!

Edgar Alejandro
Quero ter asas
Grandes e negras
Para ir ao céu
Durante uma bela noite
Ficar entre belas nuvens
E tentar alcançar a lua
Quero ter asas
grandes e prateadas
Ir ao cume de uma montanha
Sentar-me e olhar tudo o que esteja
Ao alcance de minha visão

Pensar em mim e no Mundo
E conseguir entende-los
Quero ter asas
Sair em um voo rasante
E passar pelo mundo
Aproveitar cada instante
guarda-los em minha memória
Publicar postagem
Medo e coragem
tudo ao mesmo tempo
Junto com a certeza
De que ainda vale a pena VIVER
nem tudo está perdido.
Então bora viver e ser feliz !!!
(Autor desc.)

.

POR INTEIRO ... COMPLETO

" Quando amo na tua pele,
Sou inteiro e completo.
Ao tocar-te sou realidade,
Não mais passado.
Faço eterno ...
Cada segundo, cada suspiro
Cada sorriso, cada olhar
Cada gesto de te amar.
Trocamos carícias
Como quem troca sonhos
Por realidade.
Em cada beijo, mais desejos
Em cada amanhecer
Uma saudade ... "
=- Bruno de Paula -=

Que amor é esse?

Que amor é esse...
Que tantas juras me fez...
De me amar e me fazer feliz...
Mas que só trás dor,desilusão
e solidão...

Se esse é o amor que tens
à me oferecer,
leve-o contigo...
Me deixe no meu
mundo quieto e mudo...

Para que eu possa esquecer,
sem reclamar dos dias escuros...
De uma paixão louca,
sem limite ou futuro...

(Lene Nunes)

.

AMOR EM VERSOS

" O amor não se define.
Não cabe em palavras.
Amor é um afago,
Ladeado de procura.

Amor é um coração em eco,
Pulsando sem ritmo.
Um olhar cego.
A ternura de um sorriso.

O amor é a alma que fala.
Poema que não acaba.
Gestos que não se aprende.
É tudo, nunca um pouco.

O amor é vida.
É o universo em sonho.
É vento num labirinto,
Onde perdido ... Me encontrei "
=- Bruno de Paula -=


Me diz..

Me diz
qual é a estrada
Do seu corpo.
O caminho das suas horas
A estrela que te guia.
Me diz como penetrar
Nos seus olhos
Sem quebrar seus cristais
Me diz a magia que você tem
Esse querer tanto te amar.

ManyPallo
Oração

Dai-me a alegria
do poema de cada dia.
E que ao longo do caminho
às almas eu distribua
minha porção de poesia
sem que ela diminua...
Poesia tanta e tão minha
que por uma eucaristia
possa eu fazê-la sua.
"Eis minha carne e meu sangue!"
A minha carne e meu sangue
em toda a ardente impureza
deste humano coração...
Mas, ó Coração Divino,
deixai-me dar de meu vinho,
deixai-me dar de meu pão!
Que mal faz uma canção?
Basta que tenha beleza...

(Mário Quintana)
Meu menino...

Por onde andastes meu menino?...
Meu coração já estava aflito
pensando mil bobagens
sobre o que teria acontecido
pra voce tão de repente ter sumido!
Pensei que não mais querias me ver
Nem dos meus abraços receber
Todo carinho que eu sempre lhe dediquei.
Que bom que voce voltou pro aconchego
Voltaremos a ter paz, muito amor e sossego.
Menino bonito, o meu coração aflito, tu serenaste.

Denise Flor©

COLA-TUDO

Encontrei um verso fraturado,
caído na esquina da rua do lado,
Tinha se perdido de um coração saudoso
que passava por ali, desiludido.

Coloquei-o de pé,
emendei seus pedaços,
refiz suas linhas,
retoquei seus traços.

Afaguei suas dores como se fossem minhas.
Agora, novamente estruturado,
espero que ele não olhe para trás
e não misture sonhos
com amargas falências do passado;

que saiba enfeitar a estrela lá na frente
com fartos laços de rima colorida.
pois é para o futuro que caminham
todos os passos apressados desta vida.

(Flora Figueiredo)

MEDIDA

" Tão intenso é o meu desejo ...
Que amar-te talvez seja pouco "
=- Bruno de Paula-=


AINDA HEI DE TER VOCÊ
.
Mergulho na noite
Banhada pela luz crepuscular,
Por dentro encontro seu rosto
Olhando fixamente o meu corpo.
.
Imagem que me acompanha
Em todos os lugares,
Preciso tirar do meu sonho
Seu eterno e doce encanto.
.
Não ouvi a sua voz,
Não toquei o seu rosto
Sei apenas por instinto.
O gosto de sua boca

Meu amor efêmero
Infinito dentro de nós,
Complemento da minha alma,
Meu vulto sempre amado.

Faço silêncio e penso
Nesse amor que me consome,
Preciso encontrar um jeito
De entrelaçar meu desejo
Nas entranhas do seu ser,
Pois, ainda hei de ter você.
.
MÁRCIA ROCHA


Estou aqui
apenas para uma visita breve
sem passaporte ou bandeira.
.
Sem limites... sem identidade.
.
Me deixando espalhar em pétalas
para que meu suave perfume um dia seja saudade.
.
Rosy Moreira

ENGRENAGEM
.
O dia nasce limpo e luminoso,
Mas não te iludas, homem!
A natureza já não é contigo.
Daqui a nada toca no quartel,
Apita a fábrica de meias,
Abre a mercearia,
E só então tu poderás saber
Se poderás viver,
E se chove,
E se neva,
E se o adeus da tua Eva
Te comove.
.
Miguel Torga


O LUAR
.
O luar,
é a luz do Sol que está sonhando
O tempo não pára!
A saudade é que faz as coisas pararem no tempo...
...os verdadeiros versos não são para embalar,
mas para abalar...
A grande tristeza dos rios é não poderem levar a tua imagem...
.
Mário Quintana


PEQUENA FLOR
.
Como pequena flor que recebeu uma chuva enorme
e se esforce por sustentar o oscilante cristal das gotas
na seda frágil, e preservar o perfume que ai dorme,
.
e vê passarem as leves borboletas livremente,
e ouve cantarem os pássaros acordados com angústia,
e o sol claro do dia as claras estátuas beijando sente,
.
e espera que se desprenda o excessilvo, úmido orvalho
pousado, trêmulo, e sabe que talvez o vento
a libertasse, porém a desprenderia do galho,
.
e nesse temor e esperança aguarda o mistério transida
- assim repleto de acasos e todo coberto de lágrimas
há um coração com lânguidas tardes que envolvem a vida.
.
Cecilia Meireles, In "Vaga Música"
.

UM BREVE ADEUS

" Das feridas que carrego comigo
Apenas uma, sangra até hoje.
A de um destino imposto ...
Aquele dolorido olhar
De um breve adeus,
De um filho meu "
=- Bruno de Paula -=



Para que eu não morra de amor
Ignoro meus desejos
Digo com sutil ironia
Que nunca te amei.

ManyPallo

Saudade

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

(Pablo Neruda)



"Liberdade
é uma palavra
que o sonho humano alimenta,
não há ninguém que explique
e ninguém que não entenda."
-Cecília Meireles-

Como te Amo?...

Como te amo? Deixa-me contar de quantas maneiras.
Amo-te até ao mais fundo, ao mais amplo
e ao mais alto que a minha alma pode alcançar
buscando, para além do visível dos limites
do Ser e da Graça ideal.
Amo-te até às mais ínfimas necessidades de todos
os dias à luz do sol e à luz das velas.
Amo-te com liberdade, enquanto os homens lutam
pela Justiça;
Amo-te com pureza, enquanto se afastam da lisonja.
Amo-te com a paixão das minhas velhas mágoas
e com a fé da minha infância.
Amo-te com um amor que me parecia perdido - quando
perdi os meus santos - amo-te com o fôlego, os
sorrisos, as lágrimas de toda a minha vida!
E, se Deus quiser, amar-te-ei melhor depois da morte...

(Elizabeth Barrett Browning)


AS POUCAS PALAVRAS
.
Foi um dia, e outro dia, e outro ainda.
Só isso: o céu azul, a sombra lisa,
o livro aberto.
E algumas palavras.
Poucas, ditas como por acaso.
Eram contudo, palavras de amor.
.
Não propriamente ditas, antes adivinhadas.
Ou só pressentidas.
.
Como folhas verdes de passagem.
Um verde, digamos, brilhante,
de laranjeiras.
.
Foi como se de repente chovesse:
as folhas, quero dizer, as palavras brilharam.
Não que fossem ditas,
mas eram de amor, embora só adivinhadas.
.
Por isso brilhavam.
Como folhas molhadas.
.
Eugênio de Andrade

LÁGRIMAS
.
Ela chorava muito e muito, aos cantos,
Frenética, com gestos desabridos;
Nos cabelos, em ânsias desprendidos,
Brilhavam como pérolas os prantos.
.
Ele, o amante, sereno como os santos,
Deitado no sofá, pés aquecidos,
Ao sentir-lhe os soluços consumidos,
Sorria-se cantando alegres cantos.
.
E dizia-lhe então, de olhos enxutos;
- “Tu pareces nascida de rajada,
Tens despeitos raivosos, resolutos;
.
Chora, chora, mulher arrenegada;
Lacrimosa por esses aquedutos…
Quero um banho tomar de água salgada.
.
Cesário Verde


É DURO TER CORAÇÃO MOLE
.
por favor
não me aperte tanto assim
tenha cuidado, pega leve
olha onde pisa
isso é meu coração
meu ganha-pão
instrumento de trabalho,
meio de vida, profissão
meu arroz com feijão
meu passaporte
para qualquer parte
para qualquer arte
não machuque esse meu coração
preciso dele
para me levar a Marte
sem sair do chão
não me aperte
não machuque
tome cuidado
eu vivo disso
poesia, sonhos
e outras canções
sem emoção
morro de fome
sinto muito
mas não há nada
que eu possa fazer
sem coração
.
Alice Ruiz



PÁSSARO AZUL
.
Tua estirpe habitara alcândoras divinas.
Com os pés de prata e anil desceste antigos tempos.
E em minhas mãos pousaste, e o silêncio explicou-se,
por tua voz, que era de nunca e era de sempre.
.
Nomes de estrelas vinham sobre as tuas asas,
e era o teu corpo uma ampulheta pressurosa.
Entre as nuvens procuro o último azul que foste ...
Mas, de tanto saber, nada mais se deplora.
.
Como te penso tanto, e tão longe procuro
tua música além das nuvens, não te esqueças
que posso estar um dia, em lágrima extraviada,
pólen do céu brilhando entre os altos planetas.
.
Mas não voltes aqui, pois é pesado e triste
o humano clima, para o teu destino aéreo.
Eu mal te posso amar, com o sonho do meu corpo,
condenado a este chão e sem gosto terrestre.
.
Cecília Meireles, in Mar Absoluto


NAVEGANDO

Deito-me em águas mansas
Navego no mar da esperança,
Tenho a suave calma dos amantes
Depois de saciada a sede em tua cama.

Antevejo a felicidade sonhada,
Rendo-me ao desejo acontecido,
Tenho no corpo uma vontade
De abrigar teu contorno todo dia.

Quando estás distante
Guardo toda dor do mundo,
No vazio que a vida toma
Que encontro não estando junto.

Não te afaste por longo tempo
Já não sei viver sem nossos momentos
Choro tua ausência no meu dia,
Busco no teu amor a minha alegria.

Assim vou navegado ao teu encontro
Querendo-te nos meus braços para sempre
Todo dia, toda hora, em todos os momentos.

MÁRCIA ROCHA
O QUE EU SINTO POR TI

Se você não me quer,
Não adianta insistir.
Seja o que Deus quiser,
Você há de convir.

Sei que você está indecisa,
Sem saber se me ama ou não.
Na verdade o que você precisa,
É de um tempo pro seu coração.

Não quero e nem devo te pressionar.
E te deixar bem tranquila,
Pra que você possa pensar,
O que realmente quer da vida.

Não quero ser inconsequênte,
E nem lhe causar mais nenhuma dor.
Só quero que você seja coerente,
E saiba que eu por ti, tenho um verdadeiro amor.

Elciomoraes
Por uma louca Paixão!

Tenho em mim
Uma loucura que não passa...
Não quero te tirar de mim,
Toda a paixão me abraça!

Enlouqueci
Neste amor que me faz viver...
Neste amor que por você senti
E sentirei bem mais...

Toda a paixão que você tem
É o que me faz tão bem
É o que me faz, te amar demais!

Os desejos presos em mim
No teu sentir se libertou...
As minhas noites frias de solidão
No teu amor cessou...

Agora preso ao teu coração
E nas loucuras por teu querer
Só quero te olhar nos olhos e dizer:
Eu te amo demais!

(Poeta- Dolandmay)
SOI LA GAVIOTA!

Sou gaivota branca em vôos rasantes,
Entre céus e mares, ambos azuis,
Levo a paz no coração,
Amo a vida, a liberdade,
Sou pleno enquanto vôo,
Sou prisioneiro enquanto ando!
Por isso permita-me sonhar!

Santaroza
Meus versos são meu sonho dado

MEUS VERSOS são meu sonho dado.
Quero viver, não sei viver,
Por isso, anônimo e encantado,
Canto para me pertencer.
O que soubemos, o perdemos.
O que pensamos, já o fomos.
Ah, e só guardamos o que demos
E tudo é sermos quem não somos.

Se alguém souber sentir meu canto
Meu canto eu saberei sentir.
Viverei com minha alma tanto
Quanto outros vivem (?)

*Fernando Pessoa
Ganha quem ama

No amor um perde e outro é vencedor
Quem perde é quem brinca de amar
Perde a chance de poder experimentar
A alegria, a magia, que é sentir o amor.

Mesmo sendo difícil ter que suportar
A separação; é vitorioso quem não jogou
Em seu coração teve a satisfação de amar
E quem brincou as margens do amor passou.

Quem dera mesmo não sendo correspondido
Experimentar a beleza deste sentimento
Vivendo-o ainda que num pequeno momento.

O encanto do amor está na oportunidade
De passar por instantes que deixam saudades
Um deles é amar, ainda que, não tenha sido amado.

Ataíde Lemos
Escuto uma voz

Ouço uma divina orquestra a tocar
Executando uma linda melodia
Que mais brilhante deixa o luar
Escuto uma voz que está a me chamar
É uma mistura de amor e paixão
Que vai se espalhando pelo ar
Escuto uma voz aqui dentro do coração
Fazendo minha alma de alegria chorar
Minha alma serena hoje vive esta emoção
Pois escuto uma voz que me fala de jardins
Pássaros, lagos, flores e aromas de jasmim
É a voz do passado que hoje tem me falado
Do nosso amor e de como ele tinha começado
Escuto uma voz aqui dentro que me traz o amor
Uma voz que suavemente vem me tirando à dor
(Por André A.A)


Teu Olhar

Perco-me na sintonia
quando os teus olhos fito.
Conheço o brilho,
percebo a ternura
mas desconheço o mistério
do teu olhar!

Lembro-me da primeira vez
que os vi parar em mim.
Numa explosão sem barreiras
quanta coisa linda
disseste sem falar!
Tudo vi, admirei,
senti e retribui.

Eles estavam tão próximos
que, discretamente,
lançaram sua rede,
fecharam o cerco
e eu me vi prisioneira
do teu olhar!
Deixei-me envolver sem lutar
pelo teu jeito de me fitar!

Ainda hoje, quando me olhas,
busco restos do antigo enlevo.
E quando os encontro
são, simplesmente,
loucuras de segundos!

Há muito mais para dizer
do que para olhar...
Há muito mais para pensar
do que para sonhar!...

(Cleide Canton Garcia)



NAVEGANDO
.
Deito-me em águas mansas
Navego no mar da esperança,
Tenho a suave calma dos amantes
Depois de saciada a sede em tua cama.
.
Antevejo a felicidade sonhada,
Rendo-me ao desejo acontecido,
Tenho no corpo uma vontade
De abrigar teu contorno todo dia.
.
Quando estás distante
Guardo toda dor do mundo,
No vazio que a vida toma
Que encontro não estando junto.
.
Não te afaste por longo tempo
Já não sei viver sem nossos momentos
Choro tua ausência no meu dia,
Busco no teu amor a minha alegria.
.
Assim vou navegado ao teu encontro
Querendo-te nos meus braços para sempre
Todo dia, toda hora, em todos os momentos.
.
MÁRCIA ROCHA
Sonhar

Sonhar é transportar-se em asas de ouro e aço
Aos páramos azuis da luz e da harmonia;
É ambicionar o céu; é dominar o espaço,
Num vôo poderoso e audaz da fantasia.

Fugir ao mundo vil, tão vil que, sem cansaço,
Engana, e menospreza, e zomba, e calunia;
Encastelar-se, enfim, no deslumbrante paço
De um sonho puro e bom, de paz e de alegria.

É ver no lago um mar, nas nuvens um castelo,
Na luz de um pirilampo um sol pequeno e belo;
É alçar, constantemente, o olhar ao céu profundo.

Sonhar é ter um grande ideal na inglória lida:
Tão grande que não cabe inteiro nesta vida,
Tão puro que não vive em plagas deste mundo.

Helena Kolody


Xoros para te ninar...
A dança

E ontem eu dancei.
Dancei com o passado...
Dancei com o presente...
E ousei dançar com o futuro...
No futuro senti meu corpo mais leve...
E a dança, era diferente...

No começo estranhei...
Fechei os olhos...
E aos poucos me entreguei ao compasso...
E conforme eu me libertava do passado,
mais presente se fazia o meu futuro.
E dançando,
trouxe você para perto de mim...

Senti seu cheiro...
Senti sua mão segurando a minha...
Senti meu corpo estremecer...
E ainda de olhos fechados,
Delicadamente encostei meu rosto no seu...
Senti sua respiração...
Senti sua boca...
Senti você...
Eu e Você...

Dançando a dança da vida.


Sandra Soave
.

O NECESSÁRIO ME BASTA

" Não me agrada, nada que exceda.
Que vá além das minhas necessidades.
Me apego somente ao essencial.
... Se um dia eu tiver que recomeçar
Talvez não sofra tanto ... "
=- Bruno de Paula -=

.

INQUIETUDE

" Quando não te encontro ...
Sinto algo estranho dentro de mim
... Uma certa inquietude.
Insondáveis são os caminhos do querer
Quando alojados dentro de uma saudade "
=- Bruno de Paula -=

SINGULAR

Dou-te uma rosa,
Primeira,
Com o espinho consagrando
O sangue
Que de minha mão roubou.

Dou-te meu amor,
Primeiro,
Com a saudade estrangulando
O ângulo
Que de tua alma roubei.

-OSWALDO ANTONIO BEGIATO-
CIÚMES

Veja só minha bonequinha.
Te magoei mais uma vez.
E é certo que foi culpa minha,
Perdoa a minha insensatez.

Eu não quis te deixar triste.
E nem foi minha intensão.
Pois bem sabes que existe,
Em mim amor, grande paixão.

De repente foi ciúmes,
Que eu tenho de você.
Mas amor, se o amor é isto,
Bem melhor é te esquecer.

E deixar você em paz.
E te ver sempre feliz.
Se eu te amo? Amo demais!
E como é triste, te perder...

Elciomoraes

ESPERANÇA

Só a leve esperança, em toda a vida,
Disfarça a pena de viver, mais nada;
Nem é mais a existência, resumida,
Que uma grande esperança malograda.

O eterno sonho da alma desterrada,
Sonho que a traz ansiosa e embevecida,
É uma hora feliz, sempre adiada
E que não chega nunca em toda a vida.

Essa felicidade que supomos,
Árvore milagrosa que sonhamos
Toda arreada de dourados pomos,

Existe, sim: mas nós não a alcançamos
Porque está sempre apenas onde a pomos
E nunca a pomos onde nós estamos.

(Vicente de Carvalho)

Seu IP foi registrado...grata pela visita!!

IP

APPE

Loading...

Pesquisar este blog

Carregando...